Por: Samuel Rodrigues – Jornalista DRT/BA N.º 5232

Conforme já foi narrado pelo jornal O Eco, veículo de comunicação que há décadas acompanha, registra e participa dessa manifestação religiosa e cultural, a romaria ao Morro do Fogo, evento que ocorre sempre nos dias 15 e 16 de julho, (data que se expande de acordo com os organizadores de cada ano), é hoje vista pela maioria dos participantes e historiadores, como um patrimônio imaterial, evento cuja importância e simbologia é transmitido de geração a geração, constantemente recriado pelas comunidades e grupos em função de seu ambiente, por proporcionar interação com a natureza e pelas particularidades, guarda parte da história de um povo, gerando um sentimento de identidade e continuidade, contribuindo para promover o respeito à diversidade cultural e à criatividade humana. 

Assim, os festejos em louvor a Nossa Senhora do Carmo na comunidade serrana do Morro do Fogo, (área rural do município de Érico Cardoso) representa antes de tudo, a valorização das raízes, uma vez que, a pequena capela erguida pelos exploradores Portugueses na época da extração de ouro, figura como um dos marcos da colonização e povoamento de todo o Vale do Paramirim. Todos os anos, a reedição deste evento, atrai mais e mais gente, não somente pela religiosidade, como também pelas histórias contadas por amigos, familiares que lá estiveram e se deliciaram com o clima, a estadia rústica, os improvisos com a hospedagem, as iguarias a saborear e é claro, o bom forró pé-de-serra nas noites frias, além da muvuca de despedida no encerramento de mais um ano da inesquecível romaria.

Festa religiosa, onde celebrações, batizados, casamentos, missas e diversas homenagens à Santa padroeira, ocorrem durante dois dias. Ainda é muito comum se observar gente de todos os cantos pagando promessas, agradecendo em silêncio pelas bênçãos e até milagres recebidos, percebe-se o intenso sentimento de fé, que se renova nas famílias da região e se propaga por diversos moradores de recantos distantes do nosso Brasil. Longe de estar se enfraquecendo, conforme ventilam alguns críticos, a festa católica do Morro do Fogo, não está perdendo espaço para o profano. O que se observa nos dias atuais, nas edições recentes, é o fortalecimento da tradição religiosa, que em consequência, atrai mais e mais jovens e adultos, que naturalmente, se divertem após as celebrações em confraternizações inesquecíveis.

Tais confraternizações que acontecem na praça da pequena comunidade do Morro do Fogo, recebem hoje milhares de participantes, gente da cidade, da região e de lugares distantes, turistas que em busca da diversão, da tranquilidade, contato com a natureza e boas atrações, sobem a serra com animação e se esbaldam no forró, arrocha e outros ritimos na sempre crescente festança do Morro.

Para que tudo isso ocorra com total segurança e comodidade, afinal estamos falando em um evento que este ano recebeu mais de 10 mil pessoas, é necessário todo o apoio logístico da prefeitura municipal, que nessa edição de 2017 deu um verdadeiro show! As estradas serranas receberam um tratamento especial, foram dias de trabalho, diversas máquinas, caminhões, operários e supervisores, para realizarem um serviço exemplar não somente nas estradas, como também na limpeza de áreas para estacionamentos, melhorias no acesso à capela e nas ruas do povoado.

Também merece destaque a preocupação com a segurança dos participantes que contaram com apoio da prefeitura em parceria com as policiais Militares e Civis e é claro, toda a estrutura de palco profissional, sonorização e a contratação de atrações que balançaram a massa, aquecendo os corações nas noites frias e no encerramento dos festejos. Por lá estiveram Renan Silva, Lando Ramos, Luciano Silva, Coladinho LP e Renan Moreira. Estão de parabéns todos os organizadores, festeiros, colaboradores, pessoal da PM e Polícia Civil, realmente um sucesso a edição 2017.

O prefeito do município Dr. Érico Cardoso, que esteve participando ao lado da primeira-dama Soraia, de vereadores, assessores, secretários e amigos como o ex-prefeito de Paramirim Dr. Júlio. Dr. Érico foi literalmente ovacionado pela multidão presente, que agradecida não somente pelo apoio à festa do Morro, como também pela excelente desenvoltura nesses primeiros seis meses de gestão, estando atuando de forma séria e comprometida, conseguiu contemplar diversas áreas, provocando o desenvolvimento e dando sinais de que será um marco na administração municipal. Recebendo abraços de todos por onde circulava, muito emocionado com o clima da festa, o prefeito assim resumiu seu sentimento: “Quero agradecer a Deus, a Nossa Senhora do Carmo, por tudo ter transcorrido tão bem, com tanto sucesso. Uma multidão de romeiros que cresce a cada ano, a receptividade da nossa gente tem sido o maior incentivo para tamanha confraternização aqui na querida comunidade do Morro do Fogo. Estou feliz de poder participar e também colaborar para que esse nosso patrimônio seja avivado com a presença de todos a cada ano” disse o gestor.

 

Compartilhe... Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on LinkedIn0Print this pageEmail this to someone