Os preparativos para a apresentação cívica que acontecerá no dia 06 de setembro em homenagem a Semana da Pátria 2017, focam na reflexão de cada cidadão sobre a importância do amor, do civismo e da conduta individual para com a nossa terra mãe.

Além das comemorações enaltecendo o patriotismo, a manifestação que acontecerá às 16:00hs na Praça Imaculada Conceição, busca relembrar os grandes feitos de uma das mais importantes figuras da terra, o professor doutor Ático Mota, referência e orgulho para Macaúbas, homem que fez da educação e cultura, não apenas uma missão de vida, como também uma ferramenta de liberdade para o engrandecimento de um povo.

A Secretaria Municipal de Educação, consciente das dificuldades em momentos de extrema crise, escassez de recursos em que o Brasil atravessa, com muita responsabilidade e a convicção de que esse é um momento propício para que se promova a reflexão sobre o nosso papel enquanto cidadãos diante de uma nova realidade, promove a integração da escolas municipais, alunos, professores, coordenadores e demais membros do corpo docente, se esforçam para organizar e amanhã (06) apresentar um evento que promete.

Nesta edição, a homenagem local será para o personagem ilustre, saudoso mestre Ático Mota. Filho do professor José Baptista da Mota e de Aída Frota Vilas-Boas Mota. Doutor em Letras pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP, morou na Romênia (Tendo lecionado português na Fundação Brasil-Romênia, Bucareste, onde efetuou parte de sua formação acadêmica e, depois, em Goiânia, onde lecionou na Universidade Federal – lente fundador da cátedra de Literatura Oral. Parte de sua obra é dedicada à cultura e história do estado de Goiás.

Como folclorista, coligiu importante acervo de manifestações culturais brasileiras, desde a literatura de cordel, gírias e expressões idiomáticas, à publicação de obras acerca de povos como os ciganos – iniciando o que denominou ciganologia. Também sugeriu a adoção do termo folclorística para os estudos relativos ao tema da cultura popular.

Retornou em definitivo para Macaúbas após sua aposentadoria em 1991, instalou-se na cidade, onde residia a mãe, ali efetuando importante trabalho de preservação cultural e resgate, sendo o principal mantenedor da Fundação Professor Mota. Tal figura, pelas suas ações, tornou-se imortal para a população de Macaúbas. A Comissão Organizadora da Semana da Pátria é formada por representantes da Secretaria de Educação, Secretaria de Cultura, membros da sociedade civil e do poder público municipal.

  

Compartilhe... Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on LinkedIn0Print this pageEmail this to someone