ASSALTO E SEQUESTRO - Bandidos roubam família de empresário e são presos em Brumado

Brumado: PM detém dupla que causou terror em casa de empresário
 
Um empresário e sua família passaram por momentos de terror nas mãos de bandidos durante a tarde deste sábado (10), em Brumado. De acordo com informações obtidas pelo site Brumado Notícias, a família estava em sua residência, localizada na Avenida João Paulo I, quando uma quadrilha invadiu o local. 
Os criminosos vasculharam toda na residência exigindo dinheiro e itens valiosos. Diante das ameaças, a família cedeu joias – avaliadas em 70 mil reais – e vários talões de cheque, os quais somavam a quantia de R$ 20 mil. Ainda não satisfeitos, os bandidos trancaram a família na casa e levaram o empresário como refém. Liberado algum tempo depois, o homem contou à polícia que foi levado para sua fazenda, situada próximo a BA-148 (sentido Brumado – Livramento de Nossa Senhora). 
Da propriedade, a quadrilha roubou uma espingarda calibre 12 e uma pistola. Policiais  iniciaram buscas pelos bandidos seguindo os retratos falados deles. Os nomes do empresário e dos seus familiares estão sendo mantido em sigilo pela polícia por motivo de segurança.
Durante uma ronda no Bairro Baraúnas, em Brumado, na manhã deste domingo (11), uma guarnição do Pelotão Especial (Peto) da 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) encontrou dois suspeitos de terem participado do assalto e sequestro relâmpago.
Os soldados da Polícia Militar que participaram na operação narraram que a dupla, ao avistar a viatura, tentaram fugir. Cada um estava em uma motocicleta, mas logo ambos foram alcançados e detidos. Durante a abordagem, os policiais ainda interceptaram uma ligação feita por um terceiro homem cobrando as joias e armas roubadas do empresário. Os dois suspeitos foram levados para delegacia e interrogados pelo delegado titular Romilson Dourado e as motocicletas foram encaminhadas ao pátio da 34ª CIPM. 
Para confirmar as suspeitas, as vítimas do assalto compareceram à delegacia e reconheceram os dois criminosos, declarando que ambos participaram da ação. Os dois – um menor, com 17 anos e João Paulo de Oliveira Santana, 18 – foram autuados e estão detidos.
 

Comentários

*