Sempre fiel à sua conduta desde que foi criado há mais de duas décadas, o jornal O Eco, monitora periodicamente as administrações municipais da região de circulação do veículo de comunicação, buscando informar a população, sobre o desempenho de cada gestor, auferindo opiniões através de suas consagradas pesquisas, que são referência em seriedade e competência, tendo colecionado incontestáveis índices de acertos nos seus prognósticos.

Iniciando mais uma rodada de avaliações, o jornal O Eco/Plataforma 4 Comunicação, busca identificar os níveis de aprovação/rejeição junto aos moradores, bem como, quais as obras/serviços de maior necessidade nas comunidades pesquisadas. No decorrer dessa semana, serão apresentados os resultados finais das avaliações de três gestões municipais, cujos prefeitos foram eleitos pelo mesmo partido (PSB), notadamente, os municípios de Boquira, Oliveira dos Brejinhos e Paramirim.

O primeiro objetivo da pesquisa foi mensurar a avaliação da população quanto à administração municipal ao longo desse primeiro ano de governo. Iniciando por Boquira, gestão que alcança melhor desempenho dentre as pesquisadas, os resultados apresentaram índices considerados bons, apesar da crise e demais dificuldades.

Ao medir a percepção do entrevistado quanto ao cumprimento ou não das metas e projetos da atual gestão, também foi constatado que a maioria acredita que o prefeito cumprirá totalmente com os seus projetos.

No mesmo levantamento estatístico, foi auferida a opinião da população pelo sistema de amostragem, quanto à situação atual do município de Boquira. Os entrevistados em sua maioria, afirmaram que Boquira melhorou.

Também neste início de ano, foi realizada uma outra pesquisa de avaliação no município de Boquira, sob a responsabilidade do instituto Opinião pesquisas, cujo resultado apresenta dados parecidos com os apontados oficialmente pelo jornal O Eco/Plataforma 4 Comunicação. O que confirma não somente a idoneidade dos trabalhos, como oferece a possibilidade de comparação na análise dos números apurados em datas distintas.

Sobre figurar como o secretário mais atuante do município segundo o Instituto opinião, o secretário de Saúde Alan França disse sentir-se muito feliz, declarando que o reconhecimento, é de todos os envolvidos com a causa. ”este reconhecimento é nosso! E estou muito feliz e muito orgulhoso com a equipe da Saúde, da educação, obras e infraestrutura, enfim, por todos nós que nos propomos a escrever uma nova página na história de Boquira”. Disse Alan, que aproveitou a ocasião para agradecer mais uma vez o empenho e o compromisso de todos que trabalham em prol do sucesso de toda a administração.

O Secretário de Finanças Humberto Júnior lembrou que “de fato esta notícia nos deixou muito felizes, pois compartilho com toda a equipe de secretários este momento, e o reconhecimento da comunidade só nos prova que estamos no caminho certo e que nossos esforços estão realmente surtindo o efeito desejado, que é o bem de todos”.

Para o prefeito Luciano de Oliveira e Silva “esta pesquisa realizada pelo jornal O Eco, bem como um outro levantamento do Instituto Opinião, cujos números se mostram parelhos, só demonstram que o trabalho de toda a equipe está realmente seguindo de encontro com que a comunidade anseia. Estamos realmente nos dedicando para realizar um grande trabalho por Boquira, seria hipocrisia dizer que não ficamos felizes com as informações destes levantamentos. O monitoramento através de pesquisas, além de orientar a equipe administrativa sobre os verdadeiros pensamentos da sociedade, apresentam a real situação de cada momento. Essa é uma boa notícia! Só nos incentiva a fazer ainda mais e melhor.” Disse Luciano.

A pesquisa –  conforme informou o Instituto Plataforma 4 Comunicação, foi realizada por pesquisadores treinados, supervisionados por chefes de campo, aplicando questionários face a face, através de amostragem estratificada com alocação proporcional, ouvindo 338 pessoas entre os dias 02, 03 e 04 de fevereiro de 2018 abordando moradores da sede e área rural, de acordo com amostra específica, obedecendo métodos e regulamentações do Conselho Regional de Estatística (CONRE), ao qual está credenciada a referida empresa sob o nº de registro 021/2008. A margem de erro é de 5%.

Compartilhe... Share on Facebook21Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on LinkedIn0Print this pageEmail this to someone