Hoje, 1º de novembro de 2017, começam a se confirmar as previsões de chuvas para a Chapada Diamantina e Vale do Paramirim, além de toda a região sudoeste e oeste da Bahia.  Segundo informa o Instituto Meteorológico Clima Tempo, as chuvas devem se estender pelo menos até o final de semana. Ao menos uma boa notícia em meio ao turbilhão de preocupações, crise financeira, desemprego e o temor de desabastecimento.

Já sentimos a renovada esperança nos semblantes dos nossos irmãos, incrível observar o poder das chuvas no comportamento do sertanejo. Período tão aguardado, que até para aqueles que não vivem do campo é motivo de alegrias, certeza de dias melhores!  O forte povo sertanejo, em especial moradores do castigado sudoeste baiano, povo da Serra Geral, Vale do Paramirim, Chapada Diamantina e parte do Oeste, presenciaram o despertar de uma quarta-feira (01/11) especial, que trouxe consigo além de promessas de mais chuvas, o clima ameno, umidade no ar, muitas nuvens que renovam a fé nos corações dessa gente guerreira, gente do sertão.

As primeiras gotas que caíram, modificaram mesmo que de forma sutil e temporária, o clima tenso, repleto de incertezas, preocupações de um povo que sofre, não somente com a seca inclemente que é infeliz companheira de uma vida inteira, como também, aflições do cotidiano atual, a temerária crise política e econômica em um país que um dia acreditou em um milagre.

A estação chuvosa lava a terra, alivia as chagas ameniza as dores e renova a esperanças dos olhos tristonhos. Nossa reportagem buscou constatar em pontos estratégicos da região, os primeiros sinais de transformação, causados pelas águas vindas do céu. Tímidos filetes, riachos apenas demarcados, sinais da renovação, que aos poucos, com fé no todo poderoso arquiteto do universo, irá transformar a vegetação ressequida. Nas conversas com nativos, agricultores, pecuaristas, é nítida a confiança percebida pelo brilho no olhar e pela expressão de esperança na permanência do clima chuvoso, com a confirmação das previsões animadoras.

Os institutos apontam para precipitações importantes durante a semana e os próximos dias. Isso seria prenúncio de um bom período, afinal, todos os cantos sofrem com a escassez, a  Barragem do Zabumbão, registra nesse momento, ponto crítico na sua capacidade de armazenamento. Confirmando-se esse volume de precipitações, certamente a natureza e o sertanejo hão de agradecer pela benção derramada.

Compartilhe... Share on Facebook23Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on LinkedIn0Print this pageEmail this to someone