Foto: Jornal da 88

Nunca é demais enaltecer histórias de superação, de força de vontade e foco nos estudos, que já presentam resultados positivos como atesta a jovem Leila de apenas dezoito anos, filha do casal de agricultores, o Sr. Raimundo e da Dona Marli, residentes na comunidade de Vila Nova Zona Rural de Livramento de Nossa Senhora – BA. Leila é destaque na imprensa regional e com orgulho demonstra em entrevista, que sonhos podem se tornar realidade quando as pessoas não abrem mão de objetivos.

Conforme se pode constatar nos depoimentos, a menina começou aprender as primeiras letras ainda com quatro anos de idade com o auxilio de uma tia e logo após passou a estudar em uma pequena escola pública na Vila onde residia. A menina nunca abandonou seus propósitos, apesar da vida humilde, acreditou que seria possível realizar-se através da educação.

A jovem enfrentou ao longo da sua jornada escolar, muitos obstáculos até conseguir concluir o ensino médio. Após passar no vestibular, (fato que aconteceu quando completou 16 anos), Leila que um dia havia dito para sua mãe “que seu sonho era estudar no exterior”, se viu obrigada a trabalhar por alguns meses em um supermercado, para conseguir guardar um pouco de dinheiro e então viajar para Salvador. com as suas poucas economias, ela iniciou então os seus estudos no ensino superior (curso de Direito pela UFBA).

E assim a garota pobre do interior da Bahia, perseguiu as suas metas, abdicando de muitas coisas comuns na juventude, para dar prioridade à sua formação. Leila continuava sua luta para conseguir uma bolsa e assim poder se manter na Capital do Estado e dar continuidade aos seus estudos. Seu esforço foi recompensado quando, devido ao seu brilhante desempenho, conseguiu o auxílio (bolsa da própria UFBA), recurso que a mantém na capital.

A oportunidade de realizar o sonho de estudar no exterior veio após empenhar-se nesse sentido, se inscreveu e foi convocada para realizar uma prova de seleção, onde teve que disputar uma vaga utilizando todo seu conhecimento com outros doze alunos, para poder finalmente, conseguir uma vaga para estudar em Portugal.

Após vários dias de preparação e muita dedicação veio o resultado, a garota pobre da área rual de Livramento, pode então ligar para os seus pais, dando a mais esperada notícia. Leila ressalta na entrevista concedida à rádio 88fm, que, apesar de nunca terem possuído grandes recursos, seus pais sempre foram os seus maiores incentivadores, colaborando em todos os aspectos para o seu sucesso. “Foi para eles que liguei de imediato para dar a noticia de que havia passado na seletiva e havia conseguido a vaga para estudar no exterior.

Com certeza a história de dedicação desta livramentense servirá de motivação para muitos jovens que também sonham vencer na vida.
Com Informações do livramento manchete e do Jornalista Emanuel Fernandes | Radio 88 FM.

Compartilhe... Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on LinkedIn0Print this pageEmail this to someone