Assim que se confirmou que o corpo carbonizado, encontrado no município de Oliveira dos Brejinhos, dentro de uma caminhonete modelo S10, após os exames de praxe do Instituto Médico Legal, ser mesmo do empresário paramirinhense e amigo de toda a região Idalinho Pereira. A família, amigos e toda a população de Paramirim entraram em choque, pela forma brutal, tortura e covardias praticadas contra o jovem que pego numa emboscada, não teve nenhuma chance de defesa.
Segundo informações, o corpo de Idalinho foi encontrado às margens da estrada, com evidências de tortura e inclusive com membros mutilados. Comenta-se que toda essa barbárie foi executada pelo criminoso, estando a vítima ainda viva. Decepando partes do corpo com crueldade até o último suspiro. Inimaginável! Macabro! Cenas apenas vistas nos piores filmes de terror. Insatisfeitos, jogaram os restos mortais dentro da caminhonete da vítima e atearam fogo em tudo.
Idalinho era de uma conduta digna, trabalhador, sempre pronto a servir a quem dele necessitava, amigo dos amigos e um empresário honesto com os seus negócios, como contam diversas testemunhas.
Deixa dois filhos e esposa exatamente no auge da sua vida útil profissional. Um crime bárbaro que o nosso sertão não está e nem deve se acostumar a ver.

Compartilhe... Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on LinkedIn0Print this pageEmail this to someone