Três jovens ciganos foram mortos a tiros na noite de quarta-feira (27), após uma discussão, na cidade de Angical, oeste da Bahia. Outras quatro pessoas também foram baleadas. De acordo com a Polícia Civil, os feridos e mortos discutiram entre si e começaram a trocar tiros. Todos eram da mesma família, exceto um deles.

O crime ocorreu no bairro de Santana, por volta das 18h50. Os feridos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e por ambulâncias da prefeitura da cidade para o Hospital do Oeste, localizado em Barreiras, a cerca de 45 km de Angical. O estado de saúde deles é desconhecido.

Depois do titoreio, quatro mulheres da mesma família de ciganos foram presas com sete armas e foram autuadas por porte ilegal de arma, quando foram para o Hospital do Oeste. Elas estão detidas na Delegacia de Barreiras. Também foram apreendidas munições. No local do crime, muitos cartuchos disparados foram encontrados pela polícia.

O delegado substituto de Angical, José Romero Vasconcelos Cavalcanti, disse que a polícia ainda não sabe o motivo da discussão e não identificou os autores dos disparos que atingiram cada uma das vítimas. “Estavam na casa bebendo desde de manhã e o tiroteio foi no final da tarde. Foram encontrada bebidas na casa. A discussão começou e todo mundo armado saiu atirando”, contou.

Ainda segundo o delegado, pelo menos um dos ciganos que foi morto tinha passagem por homicídio.

Compartilhe... Share on Facebook2Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on LinkedIn0Print this pageEmail this to someone