Aconteceu durante todo o dia 16 de agosto, no salão nobre da Câmara Municipal, a VI Conferência Municipal de Assistência Social, que contou com as presenças de usuários dos serviços do SUAS, além de servidores ligados à área, profissionais, convidados e bom público, que acompanharam os trabalhos, discussões de eixos e a formulação de propostas de melhorias no atendimento do sistema SUAS que foram aprovadas e serão encaminhadas para a Conferência Estadual.

Compondo a mesa de cerimônia estiveram o Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Sr. Rodrigo Almeida, representando o prefeito a Procuradora do Município Drª Poliana Riquelme, o presidente da Câmara Municipal Aélson Gonçalves Lima, A Secretária Municipal de Assistência Social Inajara Cursino, o representante do Governo do Estado e Palestrante Sr. Jaimilton Fernandes, a Representante do INSS a Assistente Social Joelma, o Gestor do Bolsa Família Sr. Gilmar, além das representantes da A.S. Assessoria e Consultoria Social, as Técnicas Ana Paula e Sandra Neves.

O Sr. Rodrigo Almeida, presidente do CMAS, deu as boas-vindas a todos e declarou abertos os trabalhos. Em seguida, usou a palavra a Secretária de Assistência Social Inajara Cursino, que resumiu as ações da Secretaria desde o início desse governo, discorrendo sobre as diversas irregularidades encontradas, desafios para uma reorganização da pasta, ressaltando que, contando com o apoio de uma competente empresa de Assessoria, conseguiu reorganizar toda parte burocrática, facilitando não somente os atendimentos, como a elaboração e execução de novos projetos.

Ao final das considerações de abertura, deu-se início à palestra ministrada pelo Sr. Jaimilton Fernandes, que exortou sobre a importância dos serviços da Assistência Social para a garantia dos direitos do cidadão, reafirmando o relevante papel do sistema SUAS, que assegura uma ampla cobertura social aos usuários, em especial às famílias em situação de vulnerabilidade social. Jaimilton lembrou a importância dos Conselhos Municipais, para que cada município decida de forma democrática os rumos das ações da Assistência.

Apesar de intervenções notadamente tendenciosas, planejadas por pessoas que torciam pelo fracasso das discussões, tentando ofuscar o brilho do evento, a conferência foi conduzida em alto nível, atingindo satisfatoriamente todas as metas traçadas, discutindo-se os eixos prioritários, oportunidade na qual aconteceram trocas de experiências, ensinamentos e dicas de condutas para a melhoria dos serviços ofertados e ao final, foram eleitos os delegados que representarão o município nas demais  Conferências estadual e nacional.

Destacamos aqui o bonito trabalho do Grupo de Convivência da Melhor Idade, que através de uma belíssima apresentação cultural, demonstrou na prática, toda a importância da harmonia e união para o exercício dos direitos e da dignidade humana em qualquer fase da vida.

 

Compartilhe... Share on Facebook72Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on LinkedIn0Print this pageEmail this to someone